Para que a equipa se possa inscrever deverá ter em conta as normas de adesão e candidatar-se a cada evento individualmente de acordo com as instruções que serão divulgadas pelas instituições responsáveis pela coordenação do evento.
Os numeros de porta serão os mesmos para todos os eventos, pelo que cada equipa deve cuidar de preservar o seu autocolante de numero. Sugerimos que as equipas criem uma plataforma vertical para afixar na parte superior do habitaculo na qual poderá colar os autocolantes.
As equipas com os numeros atribuidos são as seguintes:
 
- TEAM AUTOHIGINO 701
- TEAM F-POWER PREPARAÇÕES 4X4 702
- TEAM LUBECAR 703
-  AFCS / TEAM LM4 704
- TEAM RCA 705
- TEAM SEMPRE OS ULTIMOS 706
- GREEN TEAM707
- BURPIZZA 708
- SEMPRE OS ULTIMOS / OFICINA VITOR OLIVEIRA 709
 
Nota: As equipas ordenadas nos três primeiros lugares do Extreme 2015 têm os seus números de porta atribuídos antecipadamente, começando pelas equipas Super-Proto. As demais equipas, quer já participantes em edições anteriores, quer novas, ser-lhe-á atribuido o numero por ordem de inscrição no primeiro evento e sucessivamente.
 
 
ARTIGO 1 - GENERALIDADES 
1.1. Um grupo de Adeptos do Trial 4x4 estabelece para o ano 2016 uma manifestação de Trial 4x4 denominada Extreme 4x4.
 
1.2. O Extreme 4x4 é um conjunto de demonstrações de trial 4x4, recreativas, amadoras, na óptica do desporto de lazer e da animação turística, destinadas aos adeptos da vertente mais extrema do 4x4, da aventura e do trial perícia.
 
1.3. O objectivo principal do Extreme 4x4 é a diversão e a divulgação da modalidade, assim como a promoção turística da região onde se desenvolvem os eventos.  
1.4 O projecto é composto por um conjunto de jornadas cujos locais e datas serão divulgadas oportunamente.
 
1.5 Os eventos serão realizados em percursos de obstáculos com um grau dificuldade elevado a ser abordados com grande habilidade, destreza e perícia.
 
 
 
ARTIGO 2 - PARTICIPANTES E EQUIPAS 
2.1. O projecto do Extreme 4x4 está aberto à participação de equipas formadas por pessoas idóneas que nutram o gosto pela modalidade, pela aventura e que se enquadrem no conceito recreativo/desportivo amador não competitivo.
 
2.2. O(s) condutor(es)  têm de estar habilitado(s) para conduzir a viatura em causa na via pública. O navegador terá que ter uma idade igual ou superior a 18 anos, salvo se este acompanhar o seu tutor legal.
 
2.3. A equipa é constituida pelo NOME DO PILOTO, e só este pode pontuar.
2.3.1 A equipa pode participar sem navegador e/ou pode usar mais do que um navegador diferente em cada evento. Um por vez, desde que esteja inscrito.
2.3.2 Durante o evento a equipa não poderá mudar de viatura.
 
2.4. A gestão dos recursos humanos é livre entre a equipa desde que ambos estejam legalmente habilitados.
 
2.5. A equipa será gerida pela pessoa que a inscreve no primeiro evento.Não podendo mudar, quer de nome do piloto mas podendo mudar de viatura (i.e. de evento para evento) desde que na mesma classe.
 
2.6. É da responsabilidade dos participantes, apresentarem-se nas suas plenas faculdades. Devem ainda ter consciência de possuir a robustez e a saúde física necessárias para participar neste tipo de eventos, tendo em conta que o mesmo não é isento de riscos.
 
2.7. Toda a movimentação e circulação quer nos percursos, zonas, quer nas deslocações, são da total responsabilidade dos participantes.
 
2.8. Os elementos da equipa entregarão à comissão organizadora um documento assinado por ambos em que assumem a total responsabilidade pela sua participação e as consequências que possam dai resultar.
 
ARTIGO 3 -VEÍCULOS E EQUIPAMENTOS
3.1. Serão admitidas viaturas automóvel 4x4 (Todo-o-Terreno) ligeiras, divididas pelas seguintes classes:
 
3.1.1. Classe PROMOÇÃO
3.1.1.1.  Viaturas com as dimensões de produção,de acordo com as caracteristicas da marca e modelo.
Podem suprimiros para-choques,a parte superior da carroçaria(tipo pick up) e encurtar a carroçaria desde que esta se mantenha uma distancia minima de 10 cm entre a extremidade da carroçaria e a roda,quer a frente quer a traz.
3.1.1.2.  Podem ser instalados acessorios de proteção e segurança e as suspenções podem ser alteradas,desde que não sejam substituidas por coilovers.
3.1.1.3.  As dimensões maximas das rodas são de 900mm (já c/ tolerancia de 2%).
3.1.1.4.  Viaturas sem capota ou com capota,rigida ou não rigida, terão de ter instalado um arco de proteção (roll-bar) que não ceda em caso de capotamento.
3.1.1.5.  A viatura tem de ter guincho a funcionar no inicio de cada evento.
        
3.1.2. Classe PROTO
3.1.2.1.  Viaturas com carroçaria de produção de acordo com as características da marca e modelo. Podem suprimir os pára-choques, a parte superior da carroçaria (tipo pik-up) desde que as rodas não ultrapassem a extremidade da carroçaria, quer à frente quer atrás.Tem de ser mantidos os guarda lamas traseiros e parte dos dianteiros. (ex. Foto)
3.1.2.2.  Podem ser instalados acessórios de protecção e segurança e as suspensões podem ser alteradas.
3.1.2.3.  As dimensões máximas das rodas são de 96.5 mm.
3.1.2.4.  Viaturas sem capota ou com capota,rigida ou não rígida, terão de ter instalado um arco de protecção (roll-bar) que não ceda em caso de capotamento.
3.1.2.5.  A viatura tem de ter guincho a funcionar no
inicio de cada evento.
 
3.1.3. Classe SUPER PROTO
3.1.3.1. Viatura com dimensões e preparação livre.
3.1.3.2. Terá de ter instalado um arco de protecção (Roll-Bar) que cubra o habitáculo.
3.1.3.3. Estar providas de órgãos de segurança activa e passiva adequados à protecção efectiva dos ocupantes. (cintos de segurança, travões, protecções, etc.)
3.1.3.4. A viatura tem de ter guincho a funcionar no início de cada evento.
3.1.3.5. Viatura com pneumaticos inferiores a 96,5mm”.
 
3.1.4 Classe SUPER-PROTO +        
3.1.4.1 Viaturas com todas as caracteristicas do SUPER-PROTO so alterando as medidas dos pneumaticos,que poderam ser superiores a 38”.
 
3.1.5 Classe FUN
3.1.5.1 Viaturas iguais a classe promoção,podendo não contemplar o arco de proteção (roll-bar),mas tem como obrigatorio o tejadilho em chapa.Tem que cumprir todos os requesitos da mesma.
 
3.2. A organização é soberana no seu entendimento das características das viaturas. Pode e reserva o direito de fazer verificações técnicas e de segurança em qualquer momento. Pode também considerar a possibilidade de integrar a pedido da equipa, uma viatura da classe Promoção, na classe PROTO e/ou desta na SUPER PROTO, ou vice-versa deste que esteja dentro das caracterisitcas de cada classe.
 
3.3. Equipas que pretendam mudar de uma Classe para outra, podem faze-lo a qualquer momento. No caso da equipa pretender passar da classe original para a classe acima ou a pontuação na Classe original será eliminada e será actualizada na nova Classe com base na pontuação da Classe pretendida do último lugar em cada evento em que tenha participado. Se a opção for em sentido inverso não lhe será atribuído nenhuma equivalência de pontos.
 
3.4 À equipa é obrigatório e permitido usar, no percurso, os seguintes acessórios:
a) Cintas e luvas de trabalho [obrigatório.
b) Manilhas | Roda suplente (1) | Pranchas 2 | Hi-lift | Tirfort | Estacas | Ancoras | Marreta | Roldanas [permitido]
- Estes equipamentos se circularem a bordo da viatura terão de estar devidamente fixados.
 
3.5. Estas normas poderão ser complementadas por aditamentos divulgados oportunamente.
Nota: Segundo o Artº 5.2.5. das Normas Gerais é obrigatório o: "Uso de capacete (homologado pela DGV) e cinto de segurança".
 
3.6. É OBRIGATORIO para as equipas que utilizam veiculos a gasolina,(piloto e navegador)em qualquer das classes o uso de FATO ANTIFOGO e KIT DE EXTINÇÃO DE INCENDIOS nas viaturas.  Este kit não é um extintor de incendio, mas um kit fixo em pontos de ignição da viatura. Para os restantes veiculos a organização aconselha a mesma pratica.
 
3.7.  O não cumprimento do ponto 3.6 , impede a equipa de participar do evento.